domingo, 25 de abril de 2010

Meu marido surpreendente

Colorados, nao sintam-se cutucados, isso não tem nada a ver com vocês. Eu não sou (mais) o tipo de gremista que provoca.

Mais uma vez meu marido cafajeste me surpreendeu. Desta vez ele veio sem promessas, já tinha deixado claro que seria difícil satisfazer minhas vontades e me avisou que nossa viagem nas férias estava condenada. Eu ja vinha conformada com uma decepção, conformada com um relacionamento que nem sempre superava minhas expectativas. Nós nos amamos muito, mas a crise era clara.
Contra o Avai tivemos mais uma discussão: ele me deu o presente que eu queria (a classificação pras 4as, caso não tenha ficado claro), mas ficou jogando o preço na minha cara e dizendo quanto tempo iria ficar sem me levar para jantar por causa da falta dedinheiro (perder o jogo de 3x2 pesou para ele). "Isso machuca, amor. Quero estar em paz contigo, não importa tanto a Copa do Brasil. Mas tudo bem, tens feito uns bicos e parece que o dinheiro vai dar pra quitar a dívida do meu presente e sobrar no fim do mês para nossa poupança. Vamos nos manter cortando uns gastos superfulos por enquanto".
E hoje, sem esperar nada do meu maridão, ele aparece com um sorrisinho misterioso, me puxa pela cintura, diz que me ama. Depois disso, ele se ajoelha e com uma aliança de diamantes me pede para reafirmar os votos.
Parece que o esforço dele compensou e ele pode novamente suprir meus caprichos, minhas vontades, minhas necessidades e até um pouco mais.
Eu não esperava por uma demosntração de carinho tão grande (nao perder o GRE-nal), muito menos esse presente maravilhoso (ganhar de 2x0). Diamantes nem passavam pela minha cabeça (fora de casa, sob chuva? superou totalmente as expectativas!).
Com os olhos cheios de lágrimas, abracei meu marido, disse a ele que era ÓBVIO que eu aceitava, que mesmo sem o anel eu aceitaria, porque eu AMO ele e não imagino mais minha vida sem ele.
Domingo que vem ele vai me levar para escolher com ele nosso carro novo, espero que seja a Vitara amarelo-ferrari que eu venho sonhando. =)
E as nossas férias? Ele disse que no decorrer do ano a gente decide pra onde vai. ;D

Um comentário: